Clique em cima das imagens para as ver maiores





01/10/11

Exposição Porta 22 - Rua do Ferraz,Porto - Impressões com Hipstamatic

"" Hipstamatic é uma aplicação de fotografia digital para o iPhone da Apple.

Esta aplicação usa a câmara do iPhone para permitir ao utilizador tirar fotografias quadradas, a que se aplica uma série de filtros de software, a fim de tornar as imagens parecerem tiradas com uma câmara de filme antigo.

O utilizador pode escolher entre uma série de efeitos que são apresentados na aplicação como "lentes", "filmes" e "flashes".

A aplicação Hipstamatic é baseada na 100 Hipstamatic, um barata câmara analógica de plástico supostamente desenvolvida no início de 1980 por Bruce e Dorbowski Winston, um fracasso comercial, vendendo menos de 200 unidades. Tem vindo a ser "experimentada" por variadíssimos artistas em todo o mundo, tendo um cada vez maior sucesso pela sua rápida disseminação nas redes sociais.

Recebeu publicidade adicional quando o fotógrafo Damon Winter do New York Times usou a Hipstamatic, em 2010, para ilustrar uma notícia de primeira página sobre a guerra do Afeganistão, tendo as suas imagens ganho reconhecimento por receber o terceiro lugar num concurso internacional de fotojornalismo - Pictures of the Year International.

Este prémio criou grande polémica, querela que faz lembrar as discussões aquando do aparecimento da Kodak no século XIX.

Será que a visão do fotógrafo é mais importante que a ferramenta em si?
Pois bem, o que Adelino Marques, Carlos Vilela e Paulo F apresentam nesta exposição pioneira em Portugal, são justamente cerca de 70 “impressões” resultantes da utilização do iPhone4 com a aplicação Hipstamatic, usando diferentes “lentes” e diferentes”filmes”.””