Clique em cima das imagens para as ver maiores





22/10/09

À noite os polvos não reparam nas cores



11 comentários:

Objectiva.Mente disse...

Olá Adelino
Continuas a produzir belas fotos.
O tema das armadilhas também me seduz bastante, acho que é um objecto de uma riqueza gráfica e plástica enorme.
Abraço

R.Ferrari disse...

Detalhes interessantes.

Adelino Marques disse...

Obrigado Armindo...de facto fiz algumas coisas lá em cima no verão ( Caminha, Moledo.., Foz do Minho) e estou aos poucos a ir colocando no blog.
Eu também gosto dos fragmentos e detalhes com cariz mais gráfico.
Abraço

bruno nobru disse...

Adelino, muito bons teus trampos, sinto vontade em toca-los, as texturas..

Manuel Magalhães disse...

Como alguém disse já por aqui, a tua fotografia é inspiradora. A ver vamos!...

Manel

Jean disse...

Comment arrivez vous à montrer ces objets ordinaires ...aussi beaux , aussi intenses , aussi riches !

ruimnm disse...

Excelente grafismo, texturas e cores: (mais) uma excelente imagem.

Mariana Copello disse...

bienvenido a un Mars sin apuros..........
maravillosas imágenes por aquí!!

nos vemos

Roxana disse...

this entire series with boats and sea is fabulous. i love everything about it, and i almost feel the salt and the breeze on my lips - yet fearing the inevitable decay which is already present at the heart of things...

donnie disse...

tremendous :)))

Anya disse...

It looks very FUNNY
Cute shot so peaceful there
(@^.^@)